Rota das Cachoeiras. 2


Neste verão tivemos dias lindos e quentes! E nós adoramos!! É uma ótima oportunidade para sair de casa!

Aproveitamos um destes domingos para levar a Manu para conhecer o Parque Rota das Cachoeiras em Corupá, Santa Catarina. Nós já conhecíamos, mas a Manuzinha ainda não. Nos acompanhando nesta aventura, nosso casal de amigos, Nayara e Lessandro.

O parque é limpo e as trilhas bem sinalizadas e demarcadas. Possui estacionamento, banheiros com chuveiro e churrasqueiras. Para tanto, é necessário comprar um ingresso de visitação no valor de R$ 15,00 por pessoa. Este ingresso não é vendido na portaria do parque, ele deve ser comprado em um mercado antes do parque (há uma placa indicando) ou em um restaurante próximo da entrada do parque. Na portaria eles apenas retêm o ingresso.

Chegando no parque é hora de arrumar a mochila da Manu! Fralda, lenço umedecido, lanchinho pra ela (pois após a trilha fomos almoçar no Seminário de Corupá), repelente e protetor solar. De lanche para ela, biscoitos de polvilho que ela adora, bolacha Maria e banana. Sem esquecer também do nosso lanche e muita água!

Hora de iniciarmos a caminhada! No início da trilha já avistamos a primeira cachoeira, lindíssima! Na verdade todo o caminho para chegar a cada uma das cachoeiras é lindo e cada uma das 14 cachoeiras tem sua peculiaridade e encanto!

A Manu iniciou a subida cantarolando e falando, observando as árvores, borboleta, o caminho, as folhas, as belíssimas cachoeiras, e tentamos incentivá-la a fazer estas observações. Também adorou quando o pai correu com ela nas costas, dava várias gargalhadas! Sorria e “mexia” com as pessoas pelo caminho. E, como fomos em pleno verão, havia muitas pessoas fazendo a trilha!

Chegando na 14ª cachoeira, a maior de todas, percebemos que o esforço é ricamente compensado com a belíssima visão de uma queda de 125m. Quando tem mais água é possível ouvir de longe seu inconfundível som e se molhar na garoa!

Ficamos um tempo curtindo o momento, fazendo algumas fotos e, iniciamos a descida.

Na descida a disposição da Manuzinha já não era mais a mesma, estava cansada, com sono. Até que, depois de uma parada para um lanchinho e mamazinho ela adormeceu na mochila.

A descida exige um pouco mais de cuidado, principalmente se as pedras estiverem molhadas, pois ficam muito lisas.

Para completar a trilha é necessário bastante disposição, levamos cerca de 04h para cumpri-la contando ida e volta, tem distância de 2,9km, com um desnível aproximado de 600 metros. E com um bebê nas costas, é ainda mais importante ter preparo físico.

Mas, certamente o esforço é compensado por termos o privilégio de conhecer cachoeiras tão magníficas, sem falar que é muito gratificante ter a oportunidade de desfrutarmos destes momentos com quem amamos e poder compartilhar da aventura todos juntos, família e amigos!

 

 

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 pensamentos em “Rota das Cachoeiras.

  • Juceliane

    Quii linda a manu !!! O gabi tb ama ir nesses lugares nossos filhos sao desbravadores natos kkkkk melhor coisa que podemos fazer com nossos pequenos sao atividades junto a natureza …..lugares com um ar puro e tranquilo ??

    • Crescendo na natureza Autor do post

      Exatamente isso, eles nascem desbravadores, nós é que os moldamos ao passar do tempo! Importante cultivar estes momentos minha amiga!