Objetivo inicial: cume do Araçatuba. 10


Quando o despertador tocou pela última vez as 6:15 da manhã de domingo, sabíamos que era hora de “pular” da cama, já estávamos quase atrasados. Com um friozinho de 5graus e a Manu dormindo tão quentinha conosco na cama, realmente pensei: “onde estava com a cabeça quando decidimos subir uma montanha em pleno domingo gelado!”

Mas a essa hora não havia mais tempo para pensar! Combinamos de sair as 07h de São Bento, ainda tínhamos que tomar café, carregar o carro com nossas coisas, nos arrumar e arrumar a Manu. Optamos por este horário um pouco “mais tarde”, também, em função da Manuzinha.

É engraçado, justo nesta manhã ela queria ficar dormindo. Mesmo tendo ido dormir as 18:30 do dia anterior, não queria acordar. Falamos alto, fizemos barulho e nada da menina acordar!! Já prontos, fomos trocando a fraldinha da Manu aos poucos, e depois de pelo menos 03 grandes espreguiçadas, enfim acordou!

Hora de cair na estrada!

Encontramos nossos amigos Naya e Lessandro e seguimos à Tijucas do Sul – PR. Neste momento a temperatura já estava em elevação, 7graus.

Chegando no local da trilha nos juntamos aos amigos Gabi, Gerson e a pequena Helena.

Todos prontos, protegidos com muito protetor solar e roupas de frio, iniciamos a subida às 09:30. Partimos da base com um clima duvidoso, com um sol lindo e quente, porém um ar gelado e muitas nuvens no céu.

Havia muita gente na trilha. Pudemos conhecer pessoas super bacanas! Além também de muitas crianças, foi lindo de ver a quantidade de crianças que encontramos!

Sem falar da disposição de nossa companheira de aventura Helena, de 06 anos. Foi a primeira trilha dela, mas estava com uma energia maior que a nossa! Lindo de ver os pais deixando uma herança gratuita mas tão significativa e importante aos seus filhos: o gosto pela natureza!

Quanto mais subíamos e ganhávamos altitude, maior era a força do vento, maior era o barulho e a intensidade com que brincava com a vegetação, fazendo-a dançar de um lado para o outro. Quanto mais subíamos mais frio fazia, e começamos a ficar com medo de que a Manuzinha pegasse um resfriado ou dor de ouvido.

Caminhamos até as 11:20 da manhã. Neste momento os amigos Gerson, Gabi e Helena seguiram até o cume. Nós e nossos amigos Naya e Le paramos para fazermos um lanche e curtir a bela paisagem. Decidimos então que, para nós seria o ponto máximo naquele dia.

Foi a melhor decisão! Ficamos sentados ali mesmo entre as pedras, tentando nos proteger um pouco do vento, rindo e partilhando deste momento e lugar tão fascinante! À medida que íamos respirando o “ar da montanha” nossa alma foi se aquietando, concentrando-se mais em nós mesmos e no magnífico lugar!

A Manu curtiu muito ficar ali conosco, compartilhando da comida, do chazinho quentinho, brincando com nossos amigos, engatinhando, brincando com as pedrinhas e as flores. Interagindo com a natureza!

Nosso objetivo inicial era de alcançar o cume da montanha Araçatuba. Mas, com a maternagem, percebemos que ainda maior que a satisfação de chegar ao cume, certamente é aproveitar o caminho. Momentos como ver a Manu livre, saudável e feliz, brincando com o que encontra no chão, nos deixam ainda mais satisfeitos do que alcançar o topo da montanha.

Depois de quase 01hora de contemplação, começou a esfriar ainda mais, hora de iniciar a descida.

No retorno da trilha a Manu veio dormindo todo o caminho de volta na mochila.

Retornamos a base um pouco depois das 14h. Percorremos um total de 05Km, partimos de 912m e alcançamos 1320m de elevação.

Ao final do passeio ficamos felizes por termos saído da cama e gratos aos amigos pela companhia e paciência.

Esta trilha foi sem dúvida muito especial! Foi a primeira vez da Manu na montanha efetivamente. Até então, nossas caminhadas haviam sido feitas em parques ou caminhadas mais leves, sem tanto peso (e que peso para o papai!). Por este motivo, em nosso próximo post iremos falar sobre os equipamentos e alimentação necessários nesta aventura. Até lá!

 


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 pensamentos em “Objetivo inicial: cume do Araçatuba.