O que você vai ser quando crescer? 4


Esta é uma pergunta muito comum feita às crianças. Na escola, em casa, no círculo de amigos: “O que você vai ser quando crescer?”

Sem dúvida filho é um ser em construção! Não nasce pronto, significa que tanto o corpo quanto a alma se molda, processa e forma lentamente, e só quando atinge a maturidade alcança a “versão” mais próxima da definitiva (e nem sempre! rsrs).

E assim vamos tentando moldar nossos filhos, muitas vezes, às nossas escolhas. Queremos que nossas crianças tenham uma carreira promissora, rentável, reconhecida, admirada. Mas, bem no fundo, todos queremos a mesma coisa: que nossos filhos sejam felizes e, que tenham sucesso!

O sucesso é relativo! Segundo o dicionário Michaelis, ter sucesso significa: vencer ou alcançar a vitória. Sobre esta afirmação, sugiro assistir ao filme “Carros” de 2006. É um excelente exemplo de sucesso, sem alcançar a vitória!

Acredito que o sucesso e reconhecimento são na verdade, o resultado da profissão ou atividade feita com amor e dedicação, e, seu grau de satisfação em cumprir tal atividade. Poderá ser o melhor mecânico, médico, vendedor, policial, advogado, professor, pintor…

Temos 02 famosos exemplos de sucesso em extremidades totalmente distintas: Madre Teresa de Calcutá e Steve Jobs, sem dúvida duas grandes personalidades!

Nossos filhos podem seguir a profissão que sugerimos, mesmo que talvez não seja isso mesmo que queiram, apenas para nos agradar ou orgulhar. O detalhe é que poderão ter prejuízos emocionais para toda vida.

Já pensou que responsabilidade?! Em muitas profissões certamente seria trágico; mas, na engenharia, medicina…

Você gostaria de ser atendido por um mais ou menos médico, passar em uma ponte projetada por um mais ou menos engenheiro? Eu não!

Ainda que queiramos o melhor para os nossos filhos, não devemos prospectar sonhos profissionais por eles, mesmo que bem intencionados! Não podemos dizer que o sonho deles é menos importante por ser diferente do nosso!

Tem uma frase muito verdadeira de Confúcio que diz:

“A melhor maneira de ser feliz é contribuir para a felicidade dos outros.”

Nossos filhos tem a oportunidade de serem “encantadores de vidas” na profissão que desejam! Basta que tentemos ajuda-los a descobrir nas suas habilidades, onde realmente mora a felicidade. Não importa que fiquemos “atrás dos bastidores”, o que importa é ajuda-los a maximizar seus talentos!

Se a escolha deles for feita com o coração, a chance de se arrependerem será muito menor. E, ao olhares para ser filho e vê-lo feliz, certamente sentirá orgulho de si mesmo!

E como o papai sempre fala: ” Manu, quando te perguntarem o que você quer ser quando crescer, podes responder com toda certeza: uma pessoa feliz!”

Sibele Lima.

 

Você pode chegar até onde seu sonho te levar!


Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 pensamentos em “O que você vai ser quando crescer?